Header Ads

Silas malafaia The edge of the glory

Silas Malafaia está se sentindo "In the edge of the glory"  A beira da glória , afinal sair no new York time não é pra qualquer um, mas parece haver um tom quase que malicioso na matéria sobre ele no New york Times.


Será que tem do que se orgulhar em sair num jornal internacional como fomentador de guerras culturais e como estimulador do ódio, criando abismos que separarão pessoas de se aproximar do evangelho por causa de preconceitos religiosos.
Silas malafaia está criando na nossa sociedade um ferida que pode ser que nunca mais se cicatrize, levando milhões de homossexuais ao ódio religioso, criando muralhas que os impedirão para sempre de  pisar numa igreja evangélica.
A verdade é que existem milhões de evangélicos homossexuais  que não vivem uma vida promíscua e que estão amordaçados,obrigados a se manter no silêncio por causa de falsas teologias homofóbicas erguidas por pastores como Silas Malafaia.



Temos casos recentes que provam isto, como da missionária Lanna Holder, que por anos foi impedida de falar a verdade mas que finalmente revelou tudo sobre a falsa cura gay prometida no meio gospel.
Não que ela tenha sido falsa, mas que por anos acreditou que sua cura chegaria, mesmo com suas recaidas, mas que chegou a perfeita conclusão que nada tinha do que se curar.

Deus deu o livre arbitrio para cada um escolher aquilo que quer e cada um prestará contas a ele, a igreja deve ficar no seu lugar, cumprindo seu papel de evangelizar e salvar, sem interferir nas leis do estado.
Mas Silas Malafaia chamou todos para a Guerra, querendo passar por cima da democracia e da liberdade de escolha, vocês verão qual será o final disto.
Perdemos a oportunidade de evangelizar os homossexuais levantando guerras estúpidas e que não levam a lugar nenhum senão ao ódio e a intolerância.

Nenhum comentário

Comentar é livre, criticas serão aceitas sempre, mas comente com responsabilidade, palavras de baixo calão, palavrões e imoralidades terão os comentários excluídos.