quarta-feira, 3 de agosto de 2011

Meu pastor quer ser político e agora ?

Meu Pastor derrepente resolveu ser político,(fictício) ele é nosso pastor de muitos anos e agora disse
que pessoas da vida pública querem apoiá-lo para vida política, isto gerou muita discussão e dividiu a igreja.


Muitos acreditam que se ele entrar para vida política só irá sujar a imagem dele porque todos associam a vida de político ao crime, roubo e desonestidade, ou seja a pessoa termina se corrompendo, dai aquela história que todos já conhecem,grana na cueca,na meia e CPI das sanguessugas...


Tem uma cidade que prefiro não citar nome que dizem existir uma máfia que controla a política, bom acho que não se trata apenas de um caso isolado, isto existe por todo o Brasil, mas já seguiram várias mortes principalmente de vereadores, isto porque os políticos honestos terminam sendo eliminados porque são contra os esquemas e contra corrupção.
Bom pastor quando quer entrar para política defende que no antigo Israel todo líder religioso era também
um político,mas acontece que no novo testamento tudo isto mudou,não vemos nenhum seguidor de Jesus ou apóstolo com cargo político.

A grande massa de políticos em Brasília está lá apenas para envergonhar o evangelho de Jesus,e levam o rótulo de cristão,católico ou protestantes só para ganhar votos daqueles que acham que colocar um religioso na política pode trazer o evangelho ao povão.
Claro que precisamos eleger pessoas que tenham Deus no coração,mas não significa que seja pastor ou padre,tem que ser pessoas antes de mais nada com caracter e que vai governar em favor de Todos num estado laico.
Os religiosos querem empurrar a força o evangelho,acontece que todos temos o livre arbítrio,eles dizem que querem estar lá em Brasília para proibir isto e aquilo, casamento gay, aborto e outros projetos, mas acontece que não é bem assim.
Mas alguns argumentam,  pastor tem que ficar no seu chamado de pastor e não se aventurar em campanha política ainda mais patrocinada por mafiosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar é livre, criticas serão aceitas sempre, mas comente com responsabilidade, palavras de baixo calão, palavrões e imoralidades terão os comentários excluídos.