sábado, 5 de novembro de 2011

Aleister Crowley e o mundo de oz

Aleister Crowley,  foi um membro da Ordem Hermética da Aurora Dourada e influente ocultista britânico, responsável pela fundação da doutrina Thelema. Ele é o co-fundador da A∴A∴ e eventualmente um líder da Ordo Templi Orientis (O.T.O.).


Ele é conhecido hoje em dia por seus escritos sobre magia, especialmente o Livro da Lei, o texto sagrado e central da Thelema, apesar de ter escrito sobre outros assuntos esotéricos como magia cerimonial e a cabala,Liber Oz é a outra de Aleister Crowley, um dos primeiros textos contidos no "Livro da Lei.




O mágico de Oz" filme "infantil" de 1939, recebeu influência de Crowley, por causa do Livro da Lei e o Liber Oz, o filme se baseia TOTALMENTE nele e na sua Thelema, sistema filosófico e religioso desenvolvido pela Besta(A. Crowley).



Crowley, que se auto-intitulava a Grande Besta 666,Crowley afirmava que essa energia que durante muito tempo procurou desenvolver através de ritos sexuais seria totalmente liberada com a chegada da Nova Era, período em que as leis sociais seriam definitivamente rompidas para que todos pudessem finalmente viver em plenitude.


Socialmente, Crowley se tornou conhecido devido as referências feitas a ele no rock n' roll dos anos de 1960 e 1970, pelas bandas Led Zeppelin, Rolling Stones, Iron Maiden, The Beatles e Black Sabbath, e pelos cantores Bruce Dickinson, Ozzy Osbourne e David Bowie.



Os primeiros a citar Crowley em sua obra foram os Beatles. Por serem britânicos, os quatro membros da banda acreditaram que Crowley era uma personalidade influente o bastante para ser colocado na capa do disco Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band

O cantor e compositor brasileiro Raul Seixas foi um grande divulgador e seguidor da obra de Aleister Crowley. Suas principais canções sobre Crowley e a Thelema são "Sociedade Alternativa", "Novo Aeon" e "Loteria de Babilônia".
Atualmente ele é bastante citado na série Supernatural exibido pela Warner Channel, onde Crowley é um dos espíritos mais poderosos do inferno.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentar é livre, criticas serão aceitas sempre, mas comente com responsabilidade, palavras de baixo calão, palavrões e imoralidades terão os comentários excluídos.