quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Caça as bruxas

A idade média já se foi,mas ultimamente há uma vertiginosa caça as bruxas e talvez não sem motivo, as pessoas passaram a usar códigos e figuras de línguagens que tem chamado a atênção de muita gente e causado polêmica.


O problema dos simbolos é que eles possuem uma infinidade de significados, e um simbolo ou gesto pode para uns ser algo do bem e para outros do mal.

Anton Szandor LaVey, fundou a Igreja de Satã no ano de 1966 em San Francisco, Califórnia, EUA. Além de líder da primeira organização abertamente satânica da história.
Ele criou simbolos que estão diretamente ligados ao satanismo,o problema é que alguns destes simbolos passaram a ser usados amplamente na midia deixando muita gente com a pulga atrás da orelha.



No ultimo natal, num especial da globo muitas pessoas ficaram chocadas quando Xuxa saudou todas as pessoas fazendo o sinal da cruz e uma expressão com os dedos que muitos indentificaram como o simbolo criado pelo pai da igreja satânica Anton Szandor LaVey.



Depois de toda polêmica se tornou mais público que o sinal que ela fez pode tambem significar Eu te amo na linguagem dos surdos e mudos, Alfabeto libras.
Por outro lado muita pessoas tem se escandalizado porque muitas pessoas famosas e influentes passaram a adotar gestos, simbolos e outros códigos de línguagens muito suspeitos.

Até no meio cristão tem surgido esta polêmica entre cantores de música Gospel, padres, pastores e outras personalidades, será que estas pessoas estão fazendo estes gestos involutariamente ou elas estariam fazendo partes de grupos e seitas secretas, como maçonaria e outras ?



Ultimamente tem havido muitas denúncias sobres estes sinais, simbolos, e outros códigos em todas mídia, portanto cada um que tenha cuidado com a linguagem que ultiliza porque os caçadores de bruxas estão de olho.

Um comentário:

  1. Segue abaixo um trecho do livro de Eduardo Daniel Mastral "Filho do Fogo", V2 (ex satanista), quando descreve a infiltração dos satanistas nas igrejas:

    "Depois disso a Igreja estava com os dias contados. Os principais líderes nomeados foram justamente os infiltrados e a doutrina passou a ser sutilmente modificada. As diretrizes foram mudadas e pessoas que pudessem vir a ser empecilho de alguma forma iam sendo desestimuladas aos poucos. E, se necessário, podadas mesmo!
    — Reunião de oração? Mas para que isso? Deus é Pai! Ele sabe do que nós necessitamos. Quem fez o ouvido, ouve. Não precisamos estar clamando pelas mesmas coisas todos os dias.
    Os grupos foram destruídos, intrigas iam sendo criadas, o Louvor foi contaminado, alguns foram atacados com enfermidades. Uma vez que a Igreja estivesse bem destruída nem seria necessário que todos efetivamente continuassem lá. Geralmente a maldição é tão grande e as pessoas tornam-se tão cegas que a bola de neve simplesmente perpetua-se por si mesma."

    E mais 2 outros trechos do mesmo volume:

    "O Livro Doutrinário de Lucifér relativiza valores, demonstra verdades ontológicas. (A verdade é imutável, porém Deus, o "Absoluto", é um "Mutante"). Contém alguns outros relatos históricos da Bruxaria pelo mundo: Egito, Alexandria, Europa, etc.e menciona enfaticamente toda a estratégia para o advento do anticristo. Relata também quais são os principais Braços internacionais da Irmandade e suas ações no Globo. Templários, Pitagóricos, Gnósticos, Golden Dawn, WICCA, Warlock, Maçonaria, AMORC (Antiga Ordem Mística Rosa Cruz), etc. Os braços regionais não são mencionados."

    "Os pontos-chave nesses dois encontros foram as cidades mais importantes a serem completamente dominadas. Toda a região de São Paulo era importante. Até em relação ao crescimento de Igrejas Evangélicas era um dos maiores focos do Brasil. O interior paulista tinha sua importância, mas em menor escala, uma vez que já tinha sido bastante contaminado principalmente com a Maçonaria."

    Sobre a Real Inquisição:

    "Mais pedras de tropeço foram colocadas. O mundo tinha que olhar para o Cristianismo e enxergá-lo desvirtuado! Naturalmente não há vantagem alguma em destruir o Catolicismo. É muito mais proveitoso torná-lo inoperante em termos de verdade Cristã. Alguma coisa nesse sentido foi conseguida através da Inquisição. Nessa época, a mesma coisa: havia pessoas da Irmandade incumbidas de fazer o Cristianismo Católico continuar perdendo a credibilidade. Quanto a isso dispensa-se comentários. A Inquisição foi uma "Caça às Bruxas", em outras palavras. Mas muita gente de bem morreu, sem culpa no cartório. Uma coisa eu lhes garanto: nenhuma Bruxa de verdade, que estivesse adorando de fato a Lucifér, foi morta. "

    Alguma dúvida a mais sobre o post de "caça as Bruxas" e sobre essas pessoas que REALMENTE fazem o sinal?

    ResponderExcluir

Comentar é livre, criticas serão aceitas sempre, mas comente com responsabilidade, palavras de baixo calão, palavrões e imoralidades terão os comentários excluídos.