quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Silas Malafaia agrediu a perspectiva dos direitos humanos

A entrevista de Silas Malafaia ao SBT causou um grande reboliço em toda mídia, redes sociais e na opnião publica, ele não criou nenhum diálogo com a comunidade gay, mas se usando de um meio de comunicação de grande poder incitou mais ainda o preconceito e a discriminação, além de criar muralhas de ódio que impedirão definitivamente de homossexuais se aproximarem do evangelho de cristo, que nunca foi um evangelho de acusação e apontar de dedos,mas de amor.




O Conselho Federal de Psicologia publicou nota no final da tarde desta quinta-feira (7) em repúdio às declarações do líder da igreja Assembleia de Deus Vitória em Cristo, Silas Malafaia, feitas no último domingo (3), durante um programa de entrevistas exibido pelo SBT.

Segundo o órgão, o pastor evangélico agrediu a perspectiva dos direitos humanos a uma cultura de paz e de uma sociedade que contemple a diversidade e o respeito à livre orientação. O comunicado também cita que Malafaia, como graduado em psicologia, afrontou a construção das lutas da categoria pela defesa da diversidade.

"É lamentável que exista um profissional que defenda uma posição de retrocesso que chega a ser quase inquisitório, colocando como vertentes do seu pensamento a exclusão e o preconceito na leitura dos direitos humanos", disse a nota, que acrescentou que o pastor, ao tratar a homossexualidade como comportamento, se mostra contrário às bandeiras levantadas pela psicologia.

O pastor Silas Malafaia está indo longe demais nesta sua perseguição aos homossexuais, misturando direitos civis com dogmas e crenças religiosas num estado laico, existem muitas coisas importante a se falar no campo da religiosidade, ele não abriu a boca para falar de Jesus, mas se usando de palavras de baixo calão,como imbecil,idiota,e outras mais levantou a voz para impor sua opinião sem aceitar diálogo, e o mundo evangélico graças a ele se tornou mais intolerante, preconceituoso e ignorante.

4 comentários:

  1. discordo, que a verdade seja dita

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que seja dita mais não de modo ofensivo pra quem quer que seja pq Jesus é amor e não odio...Jesus veio pregar o perdão instruir os pecadores a verdade r pregar a PAZ na terra e não a guerra..como estão fazendo ...

      Excluir
  2. Tudo o q ele falou está dentro da Biblia, se se está escrito, esta valendo 100%, o q acontece é q o povo ta acostumado ver a midia falar apenas aquilo q ele querem ouvir e verem...como foi dito por ele "Deus ama o pecador, mas aborrece o pecado" ou seja, a pratica homosexual perante os olhos de Deus é abominavel, pois vai contra todo o principio biblico!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu quero ver ele fazer a mesma guerra ao adulteros e adulteras da mesma forma que ele faz perseguindo homossexuais,quero ver ele usar os textos do antigo testamento para dizer que todos que se separaram devem voltar ao primeiro marido porque estão em adultério e vão para o inferno, ou serão apedrejados e mortos pois isto é abominação.

    Os adúlteros serão apedrejados e mortos” (Lv. 20:10).

    ResponderExcluir

Comentar é livre, criticas serão aceitas sempre, mas comente com responsabilidade, palavras de baixo calão, palavrões e imoralidades terão os comentários excluídos.